Detox digital, descubra os benefícios de diminuir o uso das redes sociais

Talvez esteja na hora de dar um tempo das redes sociais. Já parou para pensar nisso?

Já parou para analisar o tempo que você gasta olhando para a tela do celular, ou mesmo do computador? Você já passou por alguma dessas situações? Na hora de dormir você revira na cama e alcança o celular só para dar uma olhadinha no Facebook. Em uma roda de amigos você não resiste e acaba checando o Instagram ou WhatsApp, a despeito das pessoas que estão à sua volta. Ou até mesmo na igreja, quando o culto não está tão cativante, você puxa o seu celular e vai conferir o que seus amigos estão postando nas redes sociais.

Relaxa, você não é o único a passar por essas situações.

Todos nós, frequentemente, nos vemos absortos pelas redes sociais. Inclusive é comprovado, um estudo sobre o uso de internet e redes sociais no mundo em 2017 revelou que o Brasil é o terceiro país que passa mais tempo conectado. Segundo a pesquisa realizada pela agência We Are Social e a plataforma Hootsuite, o brasileiro passa mais de nove horas por dia conectado por meio de qualquer dispositivo. São 130 milhões de usuários das redes sociais, o que representa 62% da população.

Dessa maneira, todo esse tempo gasto em redes sociais e conectados à internet pode trazer resultados negativos para a nossa vida.

O lado negativo do uso abusivo de redes sociais 

A doutora Anna Lucia King, especialista em saúde mental e professora de pós-graduação da UFRJ, fez um alerta para a possibilidade de carregar as relações virtuais no bolso. Publicado no site O Globo, o artigo, diz que hoje já existem tratamentos da nomofobia (síndrome definida pelo medo de ficar sem celular ou sem forma de se comunicar com o mundo).

A doutora Anna reforça a necessidade de tratamento em casos extremos, por dependência patológica com transtorno associados à tecnologia, e não somente o uso por lazer ou trabalho. No entanto, também é preciso cuidar e reduzir o uso dos celulares, mesmo para aquelas pessoas que não possuem um grau tão alto de dependência. Em suma, o quanto antes diminuirmos o nosso tempo nas redes sociais e nos celulares, melhor.

Do contrário, pode surgir:

• Síndromes do pânico

• Ações compulsivas

• Insônia

• Mudança de humor

• Apatia e isolamento social

• Ganho e perda de peso

• Depressão

Que tal fazer um detox?

Agora vamos lançar um desafio para você, que tal fazer um detox digital?

Talvez esteja no momento de equilibrar e diminuir o tempo você passa redes sociais. Por mais complicado que pareça. Apesar de ser interessante, dinâmico e empolgante, o universo das redes sociais também pode acabar tendo o efeito oposto. Afinal, nem todos nós temos tempo, dinheiro ou fama para fazer muitas das coisas que as pessoas que seguimos fazem. Não raro, ocorre aquele tipo de pensamento, “minha vida não é tão legal, quanto daquela pessoa.”

Além disso, muitas vezes podemos passar tanto tempo tentando impressionar os outros nas redes sociais, ou acompanhando a vida alheia. Nesses momentos esquecemos de valorizar as pessoas que estão à nossa volta, por exemplo. Como também deixamos de focar no presente e viver as nossas experiências presenciais.

Portanto, para dar uma diminuída, saudável e equilibrada, nas redes sociais é preciso que você dê o primeiro passo. Ninguém mais fará isso. Começa por você.

Algumas dicas para diminuir o uso de redes sociais

Tenha bom senso

Tudo começa com uma auto avaliação. Você precisa estar ciente do tempo que você gasta nos aparelhos digitais e como isso interfere na sua vida. Igualmente, entenda o que você precisa fazer para diminuir o seu uso. Preste atenção à sua rotina, contabilize as horas que você passa no mundo virtual, compreenda como isso interfere na sua vida. Depois disso estabeleça metas e maneiras de mudar o que precisa ser mudado.

Ignore os smartphones quando estiver com outras pessoas

Sempre que você estiver com alguém, seja um amigo, colega de trabalho ou parente, preste atenção ao o quê aquela pessoa tem a dizer. Evite ficar olhando para a tela quando há uma pessoa de carne e osso bem alí na sua frente. Em outras palavras, viva o presente, valorize suas relações pessoais.

Bloqueie as notificações

Nada mais de ficar conferindo ou recebendo mensagens de quem curtiu ou comentou uma foto sua. Isso vale para aplicativos que não são fundamentais na sua rotina. Assim, você evita aquela distração com o celular piscando ou a tela inundada de alertas.

Mantenha o celular no silencioso

Quando você precisa concentrar-se em uma atividade, por exemplo no trabalho e estudos, deixe o seu celular no silencioso. Assim, você não se distrai com sons e notificações que podem atrapalhar.

Dose o uso da tecnologia no cotidiano

Por exemplo, estipule períodos de tempo para usar as redes sociais. Uma hora de manhã, uma no período da tarde e mais uma no período da noite. Bem, sinceramente, a forma como você vai delimitar esse tempo em si não importa tanto. O que importa é que você colocará regras para o seu uso.

Viva o presente

Não troque atividades, compromissos ou encontros ao ar livre para ficar conectado às tecnologias. Comece reservando um tempo para cuidar da saúde e apreciar a natureza. Não troque o ar puro por uma rotina sem movimentos e sedentária. Aproveite cada momento no presente. Conecte-se não a uma rede de wifi, mas sim às pessoas, momentos e ensinamentos da vida.

Faça como Jesus

No evangelho podemos ler que quando Jesus sentia-se cansado e sobrecarregado Ele tirava um tempo para si mesmo. Ia até um lugar reservado para orar e meditar. Que tal seguir o seu exemplo? Pode ser que você esteja em um momento de se retirar para encontrar-se. Fique em silêncio, desligue as notificações, ore e medite.

Que tal tentar?

saúde e bem-estar emocional

Artigos Relacionados

geração z

Como liderar os jovens da atualidade? Conheça mais sobre a geração Z

Você provavelmente já deve ter ouvido falar em termos como Geração Y, Geração X e outros como Millennials e Geração...
Leia mais
gtd

Conheça o método GTD e como começar a usá-lo

Você sente que 24 horas não são suficientes para fazer todas as tarefas do dia? Ou você é o tipo...
Leia mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

X